Trabalhe no que Gosta e Nunca Terá que Trabalhar

Todo trabalho quando é feito com amor e dedicação dá resultado. Ir para um trabalho
somente pela necessidade financeira não é sinônimo de felicidade, por isso, achamos
que o melhor emprego é aquele que entramos, ficamos e saímos alegres, tudo quando
é feito com amor e alegria é mais fácil e interessante.
Vendas é uma atividade que de um jeito ou de outro a gente acaba sempre alcançando
lucros, mas o que importa é como se acerta o alvo, como fechar o negócio, qual à
nossa atitude diante das objeções, o grau de resiliência, somente com muito trabalho
conseguimos fechar bons negócios.
Para fazer um bom trabalho em equipe, precisamos ter afinidade com aqueles que nos
vão acompanhar, não é um trabalho fácil. Quando estamos em equipe e não existe
sintonia entre as pessoas, tudo fica muito complicado. Imagine que você pegou uma
lata de refrigerante e começou a sacudir, logo ela vai querer explodir. O estresse e a
falta de sintonia entre os vendedores geram uma sensação de desarmonia muito
grande, e assim, tudo vai mal.
Uma equipe quando chega a explodir, tenha certeza, ela já vinha com problemas
anteriormente, ao invés de ter o sentido da palavra parceria, usam o confronto direto,
é como se fosse um navio sem rumo.
Vendas é uma atividade em que temos desafios constantes, não podemos ter medo.
Milhões de coisas podem dar errado, mas um milhão de coisas também podem dar
certo. No início, todos imaginam que vender é uma atividade fácil e que logo vamos
entrar fechando negócios, mas ao longo de um tempo vamos entendendo que tudo
depende de um processo natural. Temos que sobreviver de qualquer jeito, mas não
podemos agir de maneira egoísta, mas sim, sempre em parceria com os colegas.
O primeiro compromisso do vendedor que trabalha com vendas diretas é visitar os
seus clientes e amigos, procurando dialogar e tentando sempre mostrar as novidades,
com certeza, essas visitas geram um motivo para o fechamento de uma venda, e o
traço mais bonito da atividade de vendas é poder estar perto de todos.
Para vender bem é preciso gostar de gente, e diante de um cliente decisivo, seja
direto, acredite, não conheço um vendedor que consiga vender bem agindo de forma
solitária. Não existe super-homem em vendas, sozinho, não vai estar seguro e jamais
conseguirá ter sucesso.
No trabalho em equipe é importante estar sempre pronto para ajudar o amigo, e
podendo, evite pré-julgamentos e o hábito de falar pelas costas.
Não fique esperando o cliente te procurar, nós é que temos que buscar os amigos e
clientes, pensando sempre em como melhorar os nossos relacionamentos e não ficar
dependendo de alguém para que isso aconteça. Alguns vendedores não conseguem
reagir bem tendo que sair à rua, é preciso identificar o seu perfil, e entender que se
tem dificuldade de mobilidade, procure vender no balcão, no escritório, sempre
buscando aumentar à sua base de amigos, independente da venda ser direta ou não.
O vendedor de hoje tem que se manter qualificado. No passado, apenas a caneta era o
bastante para fechar o pedido, hoje é preciso ter a caneta, estudo e de um livro de
vendas sempre ao seu lado. Sugiro para os iniciantes o meu primeiro livro “Impulso
Empreendedor”.
Para conseguir se manter independente financeiramente, é preciso planejamento. É
muito normal ouvir em bate-papo entre vendedores “este mês não vendi nada, estou
apertado”, por isso, o planejamento é tão importante. Não se empolgue com as
grandes vendas, somente tendo humildade você vai conseguir manter sua família bem
no período de crise, muitos entram para a atividade de vendas e quando percebem
que é uma profissão desafiadora ficam perdidos no caminho.
Quando conseguimos efetuar boas vendas o resultado da parceria do vendedor com o
cliente e toda a equipe é uma verdadeira orquestra em harmonia, de um trabalho em
conjunto. Muitas mulheres atraentes acham que vender é fácil porque têm o rostinho
bonito, podemos afirmar que isso ajuda, mas não é tudo, pois a simpatia e a empatia
são elementos muito mais importantes do que a própria beleza externa.
Conheço o caso de um grande vendedor de aparência não muito atrativa, que sempre
conquista o 1º lugar nas vendas. O motivo para o sucesso dele está claro. Além do
preparo técnico, ele sempre demonstra simpatia, diálogo, determinação, otimismo e
muito trabalho.
O padre Marcelo Rossi é um campeão de vendas de CDs, DVD’s e livros, tudo por ser
um grande homem e muito carismático. Nos seus dizeres relata que também consegue
crescer com as coisas que não são boas, é impressionante também o seu
desprendimento pelo dinheiro, seria um milionário, mas resolveu doar tudo.
Nós vendedores, para estarmos bem e exercermos à nossa função, temos que cuidar
do corpo, da mente e do espírito. Vivemos em um estresse constante, mas mesmo
assim, é uma boa área para trabalhar, entretanto, como qualquer outro negócio,
precisa de paixão e não existe essa de facilidade, por isso, não podemos ser
acomodados, somente conseguimos fechar pedidos quando trabalhamos. O leque de
oportunidade é grande, mas não fique atirando para todos os lados, tenha um foco, e
não tente fazer tudo sozinho ou queira atender a todos os clientes de uma só vez.

Gostando do que faz já é difícil, então, procure fazer aquilo que gosta, não fique
esperando os parabéns pelo trabalho realizado.
Por meio da amizade, até aquele que está no último lugar pode vir a ser o primeiro. As
chances são muitas, enquanto uma pessoa não tem afinidade com você, dois se
sentem bem com a sua presença e farão a diferença nos negócios e na sua vida.
Somos obrigados no processo da venda a aprender a conviver com vários tipos de
pessoas, e para isso, temos que levar as coisas no bom astral, mesmo diante de
indivíduos insuportáveis e estúpidos, é preciso muito equilíbrio para continuar firme
diante das objeções, fora tudo isso, temos que usar a habilidade para enfrentar uma
competição predatória.
Conheço vendedores que têm o hábito de reclamar, enquanto murmuram perdem
oportunidades, e em geral, o fim daqueles que alimentam reclamações é ir para o
último lugar da fila.
Os que estiverem exercendo a função de vendedor somente pelo dinheiro podem ter a
certeza que irão durar pouco nessa arena, ou se permanecer, se sentirão frustrados, é
fundamental ter prazer de se relacionar com pessoas, de estar sempre construindo
novos contatos.
Para se tornar um grande vendedor e conseguir fechar boas vendas, é necessário
preencher alguns requisitos. É fundamental criar um alicerce de amizades saudáveis, e
não ficar distante do seu cliente, diga o quanto foi bom receber e poder vender pra
ele, agradeça sempre.
Certos vendedores são tão insensíveis no ato da venda que parecem uma estátua de
concreto, não sendo capazes de nos dar um bom dia ou estender a mão para
cumprimentar o cliente.
Creio que esse perfil de vendedor é ineficaz e incapaz de bater metas, de superar as
dificuldades, de saber administrar a pressão de vender, quem não investe em pessoas,
em relacionamentos, não tem sucesso em vendas.
Empresas que investem em pessoas podem conseguir um grande aumento em suas
vendas. A empresa AB LDTA vendia por ano R$ 100 milhões, isso no ano de 2002, e
com investimento em pessoas, em 2013, está vendendo R$ 830 milhões, com
expectativas de superar R$ 1 bilhão nos próximos anos.
Com uma empresa que estimula o crescimento, a competição saudável e pelo fato do
colaborador saber que pode contar com um ambiente corporativo favorável, tudo isso
estimula os funcionários a retribuir com um trabalho de melhor qualidade, ou seja,
mais vendas fechadas. Hoje as empresas estão numa busca constante por pessoas que
têm boas ideias, que possuem capacidade de resolver problemas.
Um grande artista plástico que perdeu toda a família na guerra resolveu viver em um
sítio no sul da Bahia para estar próximo da natureza, e mesmo naquela solidão, disse
que é feliz porque ali dentro da natureza ninguém vai lhe machucar, estará sempre em
paz. Pelo fato de ser famoso e rico poderia morar em qualquer lugar do mundo, mas
escolheu o caminho da solidão para se afastar um pouco do ser humano. Suas obras
não estão à venda, mas a intenção é fazer um museu e deixar para a humanidade. Ele
já tem 92 anos de idade, e graças à sua convivência com aquele povoado simples de
uma vila de pescadores, ele foi acolhido, e de forma recíproca, ficou amigo da
população. Mesmo sendo um estrangeiro, no seu coração, à sua pátria é o Brasil.
Talvez um dia um vendedor possa tomar o mesmo caminho, mas enquanto estiver na
área de vendas não é possível viver de forma isolada.
Enfim, o vendedor não pode ser vencido pelo cansaço, a tensão faz parte da nossa
profissão, mas devemos respeitar os nossos limites, somente quem faz parte do
processo da venda, que sente a emoção de vender um produto ou serviço, sente na
pele a emoção de cada negócio fechado.
Lembramos também daqueles momentos de baixa, onde digo que estamos diante da
escuridão. Logo a presença de Deus se mostra, aparecendo a luz no fim do túnel,
confesso que sempre essa luz me acompanha e quando ela resplandece representa
esperança.
O vendedor tem que ser extremamente otimista, e não podemos nos esquecer de
sempre chamar o cliente pelo nome e cuidar da nossa aparência.
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here